Sexta-feira, 18 de Junho de 2004

Ao anoitecer

jz.jpg                                


É ao anoitecer que tudo se acalma,


é ao anoitecer que tudo começa,


começa a noite que te promete mil histórias, 


é um inicío de uma era


diferente crepuscular


luz difusa protectora calma 


com brilho de magia



Cisal.
publicado por cisal às 00:18
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 27 de Junho de 2004 às 00:55
Romasi brigada por ter comparecido neste cantinho tb gosto do que escreves continua.jokas
isabel
</a>
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 27 de Junho de 2004 às 00:54
Grilinha o meu muito obrigada pelas dicas pelo carinhosempre vou ver o teu blog está lindo. bom fd semanaisabel
</a>
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 27 de Junho de 2004 às 00:52
Jorge brigada pela visitinha, bom fim de semana.isabel
(http://www.sintonia.blogs.sapo.pt)
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 26 de Junho de 2004 às 23:13
Ao anoitecer, em noites de luar, vagueio lua de pensamentos. Ao anoitecer, sem vos conhecer, eu vos dou beijos nos poemas que vos escrevo.
Muitas felicidades para todos os vossos momentos que se querem e desejam de prazer.
romasi
Romasi
(http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt)
(mailto:romasi@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Junho de 2004 às 23:36
Linda imagem do anoitecergrilinha
(http://grilinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:grila@netcabo.pt)


De Anónimo a 22 de Junho de 2004 às 09:32
Efectivamente, é ao anoitecer que se dão encontros, entre fadas e guelfos! Virei visitar mais vezes, gostei muito do que escreves, vou linkar-te, jokasjorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)


Comentar post