Quarta-feira, 28 de Julho de 2004

Peço

Peço um gesto um gesto de olhar um dar sem esperar nada na troca uma passagem secreta onde encontres a esperança pois até a rosa espinhos tem porque até eu tenho temperança descobre o caminho trilha-o sem piedade passa do sonho à realidade vai ser tão mais fácil redescobrires teu caminho um gesto apenas no olhar e mudas a razão de todo o ser numa curva num despertar em voltar a querer ser um sorriso .... Cisal.
publicado por cisal às 02:04
link do post | comentar | favorito
|
64 comentários:
De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 12:19
Um optimismo sorridente acima de tudo...Carlos tavares
(http://omicrobio.blogs.sapo.pt)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 09:50
um poema magnifico, os meus parabens
fica bempatinhas
(http://aliberdadedeescrita.blogs.sapo.pt/)
(mailto:prcpf@latinmail.com)


De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 02:58
Agostinho a isabel pede tudo porque ela é assim mesmo exagerada não quer só uma hora para sentir, quer a vida para amar.isabel
</a>
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 28 de Julho de 2004 às 02:23
Belissimo poema!Pedes o quê isabel?Escusas de pedir porque quem assim faz deve é agradecer o dom.Bjinhos.Agostinho
(http://www.evtagostinho.blogs.sapo.pt)
(mailto:ag_silva@hotmail.com)


Comentar post